Blog

Home >> Archive by category "Blog"
Dia do Gráfico

Dia do Gráfico

O Dia do Gráfico ou Dia Nacional dos Gráficos é comemorado no Brasil, anualmente, em 7 de fevereiro. A data foi escolhida em homenagem a esse profissional por marcar a greve dos gráficos realizada em São Paulo, no ano de 1923, quando os gráficos reivindicaram melhores condições salariais e de trabalho.

O movimento, liderado por João da Costa Pimenta, considerado até hoje o maior gráfico da história brasileira, foi o primeiro a criar uma convenção coletiva de trabalho em nosso país numa época em que ainda não havia direitos trabalhistas.

Foi somente a partir dessa greve que outros sindicatos passaram a ser criados, estabelecendo novas condições de trabalho para o proletariado nacional.

A profissão do gráfico

O trabalho desenvolvido pelo gráfico é a impressão de qualquer tipo de papel, seja panfletos para propaganda, convites, notas fiscais, cartões de visita, livros, jornais e revistas, banners e etiquetas, além dos artigos de cartonagem e de papelaria.

O gráfico é o profissional responsável pelas artes-finais de uma peça gráfica, seja sob forma manual ou eletrônica. Os projetos variam entre cartões de visita, folhetos, cartazes, rótulos e muito mais, e trabalho consiste nos processos de pré-impressão, impressão, e pós-impressão.

Ele deve também ter conhecimento sobre valores e tipos de materiais para conseguir obter um bom custo x benefício. O projeto deve ser feito com uma margem de erro, para que assim seja possível evitar qualquer problema que venha a acontecer.

No mundo ocidental os primeiros serviços de impressão foram feitos por Johan Gutenberg, alemão que viveu no século XV, que inventou os tipos móveis, letras metálicas em alto relevo, que eram próprias para fixar a tinta de impressão, passando a popularizar textos escritos, antes só disponíveis através de manuscritos, feitos geralmente por monges em mosteiros e apenas facultados a um grupo mínimo de leitores.

O primeiro livro impresso por Gutemberg foi a Bíblia, até hoje o livro mais editado no mundo todo.

O processo de impressão difundiu-se rapidamente em todos os países da Europa, já que tornava o conhecimento acessível a todos, tornando assim a profissão de gráfico a mais importante das ferramentas para a literatura, comunicações e jornalismo, divulgando ideias e criando praticamente um novo mundo.

Das mínimas 300 páginas por dia impressas por Gutemberg, a impressão e, consequentemente, a profissão de gráfico, evoluiu e se modernizou com o tempo, alcançando a possibilidade de impressão das imagens em alta resolução, criando uma qualidade cada vez mais disputada nos tempos atuais.

De prensas manuais, passando para as rotativas, hoje o gráfico executa suas atividades em três níveis distintos: o projeto, ou pré-impressão, fase em que se cria o layout da impressão; a impressão propriamente dita, através de uma matriz que pode ser uma rotogravura, uma flexografia ou um off-set; e a etapa de acabamento, quando se utiliza colagens, grampos, cortes e dobraduras, criando o produto final.

Atualmente o Brasil tem mais de 200 mil pessoas exercendo a atividade de gráfico e não há como negar a importância desse profissional no dia a dia de cada um de nós, dada a importância do conteúdo de seu trabalho.

O que é Impressão Digital

O que é Impressão Digital

A definição de impressão digital segundo o dicionário Houaiss digital é: “Arte ou técnica de imprimir que utiliza recursos da informática aplicados à reprodução de textos e imagens em qualquer suporte, utilizando como matriz um arquivo digital e sem intermediação”.

Da mesma forma que as outras tecnologias de impressão, a impressão digital está no grupo de tecnologias de comunicação. Apesar da tecnologia que utiliza mídias impressas estar cada vez mais decadente, graças ao surgimento de novas mídias digitais, o sistema de impressão digital é o mais novo processo de impressão utilizado na indústria gráfica e também o mais promissor.

Tecnologias de impressão digital

O sistema de impressão digital é diferenciado por não utilizar nenhum tipo de forma de impressão, diferente de outros processos como o de impressão offset, flexografia e até mesmo rotogravura, que usam como forma de impressão a chapa, clichê e cilindro, respectivamente.

No processo de impressão digital, a forma de impressão é virtual, isto significa que, ela existe por apenas alguns instantes, sendo regravada a cada passagem do papel, mesmo não havendo alteração na imagem.

O que é serigrafia?

O que é serigrafia?

Serigrafia, também conhecido como silk-screen ou impressão a tela, é um processo de impressão à base de estêncil na qual a tinta é forçada através de um crivo fino para o substrato abaixo dela. As telas foram feitas originalmente de seda e, por este motivo, o nome de origem grega – seri (seda) e gráfia (escrever ou desenhar). A palavra serigrafia pode ser usada como sinônimo de silk-creen, mas é muitas vezes utilizada para impressão de itens de produção em massa como camisetas, cartazes e canecas. Hoje, as telas são desenvolvidas em poliéster ou nylon, finamente tecidas.